Foto: PRF
Terrazza Panorâmico

Um homem, de 36 anos, foi preso em Londrina, na região norte do Paraná, na manhã deste sábado (24) após tentar fugir da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele dirigia uma caminhonete carregada com cigarros contrabandeados do Paraguai.

Segundo a PRF, o homem tentou fugir por cerca de 14 quilômetros. Seguido por uma viatura da PRF, ele avançou o sinal vermelho de semáforos em vários cruzamentos e transitou em áreas de acostamento e calçadas.

A ocorrência começou por volta de 8h30, na BR-369, em Cambé. A equipe da PRF decidiu abordar a caminhonete Fiat Fiorino e deu ordem de parada ao motorista, que iniciou a tentativa de fuga, em alta velocidade.

Ao longo de aproximadamente dez quilômetros da BR-369, a caminhonete forçou diversos outros veículos a sair da pista. Dentro do perímetro urbano de Londrina, por mais quatro quilômetros, o contrabandista seguiu em alta velocidade, passando nas imediações de um hospital, escolas e outros locais com aglomeração de pessoas.

Ao se aproximar da rodovia estadual PR-445, ele entrou em uma rua sem saída, em frente a um imóvel dos Correios. Abandonou o veículo e tentou fugir a pé. Minutos depois, a equipe da PRF o localizou, escondido dentro de um imóvel em construção.

Um helicóptero da Polícia Militar prestou apoio à PRF. O veículo abandonado começou a pegar fogo rapidamente e se incendiou quase que por completo. Parte da carga foi apreendida. O Corpo de Bombeiros foi acionado e apagou o incêndio.

Com residência declarada em Umuarama (PR), o homem foi preso em flagrante. Ele responderá pelos crimes de contrabando, desobediência e direção perigosa. Um motociclista que quase foi atingido pela caminhonete durante a fuga foi arrolado pela PRF como testemunha.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Londrina.