Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros do Paraná
Terrazza Panorâmico

O Corpo de Bombeiros do Paraná atendeu a 505 ocorrências de incêndios ambientais no Paraná, somente em janeiro de 2019. O número é 400% maior do que o registrado em janeiro do ano passado quando foram atendidos a 115 chamados. Para conter os incêndios, o Corpo de Bombeiros utilizou mais de 479 mil litros de água.

Para se ter uma ideia da dimensão das ocorrências, em primeiro de janeiro um incêndio ambiental queimou 200 mil metros quadrados de vegetação, em Pontal do Paraná, no litoral do estado. Outro caso de incêndio de grandes proporções, ainda no mês de janeiro, foi no Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa.

O forte calor e a ausência de chuvas neste mês de janeiro estão entre as principais causas das ocorrências, de acordo com o Tenente do 8º grupamento de Bombeiros Eduardo Hunzincker.

Ainda de acordo com o tenente dos bombeiros, descuidos da população como a queima de áreas para limpeza de terrenos, também podem provocar incêndios ambientais.

O tenente alerta que essa pratica de atear fogo em lixo ou áreas de terreno devem ser evitadas porque se trata de crime ambiental, com penalidades previstas em lei.

Nos casos em que a população perceber que alguém está colocando fogo em alguma área deve ligar para a Polícia Militar no número 190 e denunciar, já em caso de ocorrências de incêndio o telefone dos bombeiros é o 193.

Repórter Vanessa Fernandes