queda-de-marquise-centro-curitiba
Foto: William Bittar
Terrazza Panorâmico

A Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) abriu um processo de ação fiscal para um prédio onde a marquise desabou na madrugada desta segunda-feira (9), na Rua Monsenhor Celso, no Centro de Curitiba.

O antigo edifício teve a frente interditada pelo Corpo de Bombeiros e no início da manhã agentes da Cosedi estiveram no local para fazer a vistoria.

O coordenador da Comissão, Marcelo Solera, explicou as ações que foram tomadas. Foi feita a notificação ao condomínio para que a área em frente ao edifício seja interditada.

Solera garantiu que a situação não gerou riscos estruturais ao prédio, mas ele deve passar por execução de medidas que são necessárias para garantir a segurança do local.

O coordenador da Cosedi também falou que o prédio é antigo e até a falta de manutenção adequada pode ter ocasionado o desabamento da marquise.

Apesar da gravidade da situação, ninguém ficou ferido.

Repórter William Bittar