Covid-19: hospitais relatam lotação nas UTIs exclusivas

Covid-19: hospitais relatam lotação nas UTIs exclusivas
Foto: AEN

Alguns hospitais de Curitiba já estão com a capacidade máxima de lotação nas UTIs exclusivas para pacientes diagnosticados com o novo coronavírus e não estão mais recebendo pessoas com sintomas da doença.

Esse é o caso do Hospital Nossa Senhora das Graças e do Hospital Sugisawa, por exemplo, que atendem a rede particular de saúde. Ambos publicaram nota nas redes sociais, neste final de semana, informando que não estão mais recebendo pacientes graves, devido ao aumento do número de casos da Covid-19 na cidade.

O HNSG chegou a publicar um vídeo nas redes sociais frisando que, as pessoas devem manter o distanciamento social e priorizar, na medida do possível, o isolamento social, ficando em casa.

O Hospital Marcelino Champagnat também divulgou um comunicado, na última semana, onde diz que o Pronto Atendimento está atuando no limite de capacidade instalada e que, os pacientes que procurarem atendimento, serão atendidos conforme escala de gravidade.

Além disso, hospitais que atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) também já registram lotação, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

De acordo com a Sesa, o Hospital do Trabalhador, o Hospital Evangélico Mackenzie e o Hospital de Clínicas, já estão com 100% das UTIs exclusivas para pacientes do novo coronavírus, ocupadas.

Além disso, os hospitais Erasto Gaertner, Santa Casa, São Vicente, Hospital do Idoso e Hospital de Reabilitação, estão com mais de 80% das unidades ocupadas. Já o Hospital Cruz Vermelha está com 63% das UTIs ocupadas.

Na sexta-feira (20), a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, anunciou a abertura mais leitos para pacientes do novo coronavírus, na capital paranaense.

São 41 leitos de UTI SUS, sendo seis no Hospital Vitória, dez no Hospital do Idoso, dez no Hospital Evangélico Mackenzie, dez no Hospital de Clínicas e cinco na Santa Casa. Os novos leitos de enfermaria estão distribuídos em: cinco na Santa Casa, dez no Hospital de Clínicas e 38 no Hospital do Idoso.

A Secretaria Estadual de Saúde também anunciou a ativação de 38 leitos exclusivos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital de Reabilitação, em Curitiba.

Até este domingo (22), a taxa de ocupação dos 324 leitos SUS exclusivos para Covid-19, na capital paranaense, estava em 88%.

Repórter William Bittar


Governo deve ativar UTIs Covid-19 no interior do Paraná

Covid-19: Paraná registra mais 814 novos casos

Covid-19: taxa de ocupação dos leitos chega a 88% em Curitiba