Crise aquece mercado de leilão de imóveis

Crise aquece mercado de leilão de imóveis
Foto: Reprodução

Apesar da crise econômica causada pela pandemia de coronavírus, o setor de leilão de imóveis está crescendo. Com o alto índice de inadimplência de mais de 60 milhões de brasileiros, aumentou a quantidade de bens retomados pelos bancos.

E quem tem dinheiro guardado neste momento, com a Selic mais baixa da história e a volatilidade no mercado financeiro, pode aproveitar a ocasião e ficar de olho em diversos leilões de imóveis que acontecem pelo país.

Esse está sendo um dos investimentos mais lucrativos do mercado imobiliário, por conta da possibilidade de revenda para moradia ou outros negócios. Nos leilões, é possível conseguir descontos de 30% até 70% do valor normal de mercado.

Sobre este assunto, a CBN Curitiba conversou com Morgana Borssuk, especialista em direito imobiliário. Ouça a entrevista: