Curitiba ainda não atingiu meta de vacinação contra a pólio

Curitiba ainda não atingiu meta de vacinação contra a pólio
Foto: SESA

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite segue até o dia 30 de novembro e, em Curitiba, o número de crianças, entre 1 e 5 anos, que foram vacinadas ainda é baixo.

Até este sábado (21), 53,6% do público-alvo da campanha recebeu a imunização, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A meta é aplicar a vacina em 90 mil crianças.

A baixa cobertura levou a Prefeitura a adotar estratégias como a imunização das crianças em casa, nas áreas de maior vulnerabilidade social, e a vacinação no sistema drive-thru.

Além disso, ainda no sábado, foi realizado um mutirão de vacinação, com 2.163 crianças imunizadas.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Paraná atingiu, até o momento, a cobertura vacinal de 74,63% do público-alvo, que é de 583.962 crianças.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina contra a poliomielite é indicada para crianças de 2 meses (1ª dose), 4 meses (2ª dose) e 6 meses (3ª dose). Estão previstas ainda doses de reforço aos 15 meses e aos 4 anos de idade.

A poliomielite é uma doença viral que pode ser transmitida pela água e alimentos contaminados ou contato com uma pessoa infectada. Algumas pessoas com o poliovírus não ficam doentes nem apresentam sintomas, já em outros casos o vírus pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total.

Em Curitiba, a vacina está disponível em todas as unidades de saúde desde o dia 28 de setembro.

Repórter William Bittar