Foto: Levy Ferreira/SMCS

Mais de 440 ocorrências de vandalismo e furtos foram registradas nas unidades da rede municipal de ensino, no primeiro semestre deste ano, segundo dados da Secretaria Municipal da Educação de Curitiba. Além disso, são gastos, em média, R$ 310 mil por ano para a recuperação das unidades.

A média é de duas ocorrências de vandalismo ou furto por dia nas escolas e creches da cidade. Segundo a diretora do Departamento de Logística da Secretaria Municipal de Educação, Maria Cristina Brandalize, grande parte do valor destinado para a recuperação são para vidros, esquadrias, cabos, grades, telhas e serviços de pintura.

Atualmente, Guarda Municipal faz patrulhamento durante o dia ao redor das instituições de ensino municipais e durante a noite e a madrugada, a responsabilidade pela segurança das unidades é de uma empresa privada. Para Brandalize, o próximo passo é atualizar a segurança nas unidades de ensino do município.

Pequenos reparos, como vidros quebrados ou troca de fechaduras, também podem ser feitos pelas escolas com os recursos do Fundo Rotativo, repassados pela Prefeitura diretamente na conta das escolas. Em 2017, a Prefeitura repassou quase R$ 13 milhões do Fundo para as escolas municipais, Centros Municipais de Educação Infantil e Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado.

A diretora lembra ainda que a ajuda da população também é fundamental para coibir ações de vandalismo e furto.

Denúncias podem ser feitas à Guarda Municipal pelo telefone 153. Ou então à empresa responsável pelo serviço de monitoramento interno das unidades, pelo telefone 3045-7940.

Repórter William Bittar e Francielly Azevedo

Deixe uma mensagem