Foto: CSC

Curitiba ocupa o topo do ranking de cidades inteligentes e conectadas do país. A capital paranaense ultrapassou São Paulo no levantamento Connected Smart Cities 2018.

O ranking está na quarta edição. Em 2015, Curitiba apareceu em quarto lugar, atrás de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Em 2016, em terceiro lugar e, no ano passado, subiu para segunda posição na lista. O estudo analisou 700 municípios do país.

De acordo com Willian Rigon, diretor da Urban Systems, uma das empresas que promove a lista, o ranking é o único estudo para análise de cidades inteligentes no Brasil.

Para alcançar o primeiro lugar, a capital paranaense melhorou sete dos 11 indicadores avaliados: urbanismo, tecnologia e inovação, saúde, segurança, economia empreendedorismo e governança.

Entre os fatores que contribuíram para o avanço no ranking está o fato de Curitiba sediar sete incubadoras de empresas e quatro parques tecnológicos. Além disso, as microempresas individuais cresceram 20% no último ano. A capital também abriga o Vale do Pinhão, uma espécie de réplica do modelo de inovação aplicado no Vale do Silício, nos Estados Unidos.

Rigon explica que a ideia é mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento e incentivar que os gestores construam planejamentos integrados, o que não se resume a tecnologia.

A capital paranaense conquistou, ainda, o 1º lugar nas categorias: por Faixa Populacional com mais de 500 mil habitantes, Região Sul e Governança. Curitiba se classificou em 2° lugar em Empreendedorismo e Urbanismo e em 3º na categoria Tecnologia e Inovação.

Repórter Francielly Azevedo