Foto: Valdecir Galor/SMCS

Curitiba registrou mais um caso de febre amarela desde a semana passada, segundo o boletim divulgado nesta quinta-feira (11) pela Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa). Em todo o estado, são 15 os casos confirmados da doença e uma morte.

Além disso, 77 casos notificados estão em investigação sendo que 25 são em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e 11 na capital paranaense. Também 236 notificações foram descartadas para febre amarela.

Na capital, os quatro casos confirmados são importados, ou seja, não foram contraídos na cidade. Os locais de possível infecção são Itaoca e Barra do Turvo, em São Paulo, São José dos Pinhais e Morretes, no Litoral.

Dentro do período de monitoramento, 114 macacos foram encontrados mortos com suspeita de febre amarela, sendo que 5 foram confirmados, 32 estão em investigação, 33 tiveram causa indeterminada, pois, não foi feita a coleta de amostra e 44 foram descartados.

Desde o início do ano, mais de 524 mil pessoas foram vacinadas em todo o Paraná para imunização da febre amarela. Em Curitiba, a vacinação é disponibilizada nas 110 unidades básicas de saúde, de segunda a sexta-feira, dentro do horário de atendimento de cada unidade.

A vacina é aplicada em dose única e podem receber a imunização pessoas a partir de 9 meses até 59 anos. A dose é contraindicada para crianças menores de 6 meses ou para quem tem o sistema imunológico enfraquecido, com histórico de reação alérgica grave a algum componente da vacina ou doença febril aguda.

Pessoas acima dos 60 anos, gestantes e mães que estão amamentando bebês menores de 6 meses precisam de prescrição médica para tomar a vacina.

Quem já recebeu a dose contra a febre amarela alguma vez na vida, não precisa se vacinar, já quem não lembra ou não tem a carteira de vacinação, a orientação é procurar uma unidade de saúde para se imunizar.

Todos os sábados, a Prefeitura de Curitiba define três unidades básicas de saúde que ficam abertas das 8h às 12h, para fazer a imunização contra a febre amarela.

Neste sábado (13), a unidade Monteiro Lobato, no bairro Tatuquara, e as unidades Caiuá e Jardim Gabineto, no bairro CIC, foram as escolhidas para atender a população.

Repórter William Bittar