Curitiba tem redução de 56% nos casos ativos de Covid-19

Curitiba tem redução de 56% nos casos ativos de Covid-19

Nesta sexta-feira (16), o balanço semanal da Covid-19 na capital, denominado pela Secretaria Municipal como Painel Covid, trouxe os detalhes envolvendo os quase 50 mil casos confirmados, desde o início da pandemia.

A capital soma até o momento 48.486 casos e1.401 mortes, uma taxa de letalidade para Covid-19 de 2,9%.

Com 2.975 casos ativos, a capital teve uma redução de 56% no número de novos casos, e a taxa de replicação da doença, conhecida como R têm se mantido abaixo de 1, está em 0,96.

De acordo com a secretaria de saúde Marcia Huçulak os números são os mais baixos desde julho.

O coeficiente de incidência da Covid-19 na capital está em 2.508 por 100 mil habitantes. Somente os distritos sanitários do Pinheirinho e da Matriz estão acime desta média. O Pinheirinho tem índice de infecção de 2.890 por 100 mil e a Matriz 2.650.

A ocorrência da doença por faixa etária, que vem mantendo estabilidade desde o início da pandemia, mostrou novamente que adultos acima dos 20 anos, foram os que mais contraíram a doença até o momento. A faixa etária dos 30 aos 39 anos corresponde ao maior número de casos, foram 11.130. Mas nesta faixa etária apenas 5% dos pacientes necessitaram de internamento.

Por outro lado os pacientes com mais de 80 anos (1.211) acometidos pela Covid-19, em 61% dos casos precisaram de internamento.   

As mulheres representam 54% dos pacientes que contraíram a Covid-19. Dos 48.486 casos confirmados, 11,5% necessitaram de internamento. Essa queda nos internamentos, a secretaria Marcia Huçulak atribuiu, ao aprendizado da população e dos serviços de saúde.

A médica infectologista da secretaria Marion Burger lembrou, que quando a pandemia mundial começou há 10 meses, 20% dos pacientes diagnosticados necessitavam de internamento. Na capital em meados de julho eram 13% de internamentos.

Outro dado apresentado no Painel Covid, foi relativo à queda no número de mortes nas últimas semanas. Enquanto em julho, na semana de 26 a 1° de agosto o número de mortos chegou a 131, nesta última semana de 11 a 16 de outubro foram 28 mortes pela Covid-19. Dos pacientes que perderam a vida por complicações da doença, 95% tinha ao menos um fator de risco. 57% das mortes foram de homens, a maioria tinha mais de 60 anos.

Atualmente a taxa de ocupação dos leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 está em 71%.

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde, Curitiba permanece na bandeira amarela de risco para a Covid-19.

Repórter Vanessa Fernandes