recuperar-credito-recuperacao-de-credito
Foto: Pixabay
Terrazza Panorâmico

Pouco mais de 10% dos curitibanos que estavam com restrições para efetuar compras conseguiram recuperar poder de crédito, enquanto  3,3% dos consumidores não conseguiram realizar o pagamento de suas contas no mês de julho. Os dados são da Boa Vista e apresentados pela Associação Comercial do Paraná (ACP).

Os dados apurados no mês de julho representam um aumento na inadimplência de 1,8% em relação ao mês anterior, e de 3% nos números da recuperação de crédito.

O estudo aponta que o registro de inadimplentes está ainda em crescimento, avaliado como uma demonstração de que a economia está em lenta recuperação. No entanto nos estados do sul e sudeste, desde 2017, os economistas responsáveis pelo estudo observaram uma oferta maior de crédito, o que poderia ser fator responsável pelo crescimento na inadimplência.

De acordo com o estudo apresentado pela Associação Comercial, o cenário da inadimplência no Paraná ainda não é preocupante.

No Paraná a avaliação anual de recuperação de crédito alcança 7,4% e o mensal referente a julho 2,7% Já a inadimplência chega a marca de 1,9% ao ano e 1,5% em julho.

Outro dado demonstrado pela pesquisa Boa Vista-ACP, é o de que os consumidores, atraídos por redução nos juros para renegociação de dívidas vencidas ou não pagas no Paraná são maiores do que no restante do país, o que também colabora para o aumento do indicador de recuperação de crédito. 

Repórter Vanessa Fernandes