Foto: Defesa Civil do Governo do Paraná

Mais de 1.200 casas e 5.500 pessoas foram afetadas em Guaratuba, no litoral do Paraná, pela forte chuva do fim de semana. O Centro de Monitoramento de Riscos e Desastres, da Defesa Civil estadual, acompanha a situação na cidade, nas áreas atingidas e que têm risco de deslizamentos.

De acordo com o Simepar, o acumulado de chuvas de sexta-feira (15) a domingo chegou a 196 milímetros, 60% da média prevista para o mês de fevereiro. O grande volume causou alagamentos em toda a o município.

Como a previsão para a semana é de chuvas irregulares, com pancadas típicas da estação, o tenente Marcos Vidal explica que todo cuidado é pouco, pois um pequeno volume de água pode causar deslizamentos no solo que já está encharcado.

O tenente Vidal destaca que o monitoramento é feito em conjunto com demais órgãos. Todos os dados colhidos desde antes do temportal servem para fazer a análise da situação e determinar os riscos da região.

Segundo a Defesa Civil, a população do Litoral foi informada sobre as chuvas fortes através de alertas por SMS desde o final da tarde de sexta-feira. Na madrugada e na manhã de domingo, diversos avisos foram enviados aos moradores da região informando sobre as condições meteorológicas que se aproximavam.

O tenente reforça que é fácil se cadastrar para receber os alertas no celular.

Segundo o Simepar, a previsão de chuva continua no litoral, mas com menor intensidade.

Repórter Francielly Azevedo