Foto: José Fernando Ogura / ANPr

A Defesa Civil Estadual vai alertar a população paranaense sobre eventos meteorológicos severos por mensagem de texto no celular (SMS). O serviço vai começar a partir desta segunda-feira, dia 16 de outubro. Serão alertas sobre chuvas de granizo, tempestades e vendavais.

O sistema foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil com a criação da Lei federal 12.340 de 2014, que trata da prevenção ao risco de desastres. A legislação obriga as empresas de telefonia móvel a transmitirem gratuitamente informações de alerta à população sobre risco de desastre.

Foi realizado um projeto-piloto em cinco cidades paranaenses em junho deste ano e, agora, o sistema será aplicado inicialmente no Paraná, Santa Catarina e São Paulo. A implantação em todo o País deve acontecer até março 2018.

O coordenador executivo da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Edemilson de Barros, explica que o sistema deve passar por testes até o final de 2017.

As cidades que já contam com o serviço, até então de forma experimental, são Prudentópolis, Santo Antônio do Sudoeste, Querência do Norte, Salto do Lontra e Rondon, devido ao grande número de ocorrências nestas regiões relacionadas aos eventos climáticos.

A Defesa Civil informou que o serviço estará disponível para todos os 399 municípios paranaenses. O chefe do setor operacional da Defesa Civil Estadual, capitão Romero Nunes da Silva Filho, comenta sobre a importância da expansão para todos os municípios do Paraná.

As operadoras telefônicas vão enviar para todos os números uma mensagem sobre o serviço entre dias 16 e 20 de outubro. Para receber os avisos, os interessados devem responder às mensagens com o número do CEP da sua residência ou de outros locais.

Se alguém não receber o SMS, é possível se cadastrar enviando uma mensagem de texto para o número 40199 e o CEP. É possível fazer o cadastro para vários endereços. E o mais importante: o serviço não tem custo nenhum.

A oferta do alerta pelo celular é um avanço em relação ao sistema existente, com os avisos por SMS aos gestores municipais e à rede estadual de Defesa Civil.

Repórter Joyce Carvalho

Deixe seu comentário