Foto: Marcelo Ricetti

O deputado estadual Tadeu Veneri, do PT, fez um apelo aos deputados da base do governo que apoiem o projeto que anistia a falta dos professores que participaram de manifestações em 2016 e 2018.

Foram diversos protestos em datas em que os servidores paralisaram suas atividades como parte das campanhas pela melhoria da qualidade da educação pública e, além de desconto no salário, tiveram anotações em ficha funcional, o que dificulta os avanços na carreira.

Tadeu Veneri disse que no caso dos professores, as aulas canceladas em função das manifestações já teriam sido respostas, e por isso, não se justifica o desconto na folha dos servidores. 

Tadeu Veneri diz ainda que os servidores do Executivo acumulam perdas salariais de 16,4%, enquanto que a defasagem dos professores chega a 29% em relação à lei do piso salarial nacional. A categoria está com os salários congelados desde 2016.

Veneri disse que o projeto já recebeu parecer favorável e que agora, é preciso dar um tempo para o debate em torno do tema

Repórter Fabio Buchmann