Os descontos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) pelo programa Nota Curitibana chegaram ao valor recorde de R$ 996,3 mil neste ano. De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças, existiu um aumento de 55,3% em relação ao número do ano passado – R$ 641,3 mil – quando o programa Boa Nota estava em vigor.

Já no número de indicações entre os dois anos, o crescimento foi de 62,4% – foram 12.713 indicações no ano passado e 20.647 indicações para o abatimento do imposto de 2019. Já são 81.425 cadastrados no programa, lançado no início do ano, e 101.181 empresas emissoras de nota em Curitiba. É possível pedir o CPF na Nota em diferentes setores de serviços, como escolas, academias, salões, estacionamentos e pet shops, entre outros.

O período para que contribuinte usasse seus créditos foi do dia 1º a 30 de novembro. Entretanto, quem perdeu o prazo pode garantir o desconto ano que vem, já que os créditos têm validade de dois anos. Além disso, a prefeitura de Curitiba acredita que o crescimento se deve à conscientização dos cidadãos de participar do programa.

“Além dos benefícios diretos, que são os descontos para abatimento do IPTU e a premiação em dinheiro dos sorteios, há também um benefício ‘indireto’ abrangendo toda sociedade devido ao incremento da arrecadação do ISS (Imposto sobre Serviços). Ou seja, mais obras, mais serviços, mais assistência aos cidadãos”, disse Mario Nakatani Júnior, coordenador do Nota Curitibana.

O projeto tem o intuito de inibir a sonegação fiscal e ainda faz sorteios para recompensar quem tem cadastro. Mensalmente são sorteados prêmios de R$ 10 mil, R$ 20 mil e R$ 50 mil, além de dois prêmios de R$ 150 mil no aniversário de Curitiba e no Natal. Os vencedores ainda ganham o direito de indicar uma entidade social para receber prêmios de R$ 5, R$ 10 e R$ 20 mil, respectivamente. Até agora, R$ 2,065 milhões já foram sorteados, contemplando 30.660 participantes e 16 entidades de assistência social.

Fonte: Paraná Portal