Foto: Luiz Costa/SMCS
Terrazza Panorâmico

De acordo com uma portaria da então Secretaria Municipal de Trânsito, e que está em vigor desde 2016, caminhões acima de 10 toneladas não podem circular pela Linha Verde nos horários de pico.

Mas a regra é sumariamente desrespeitada por alguns motoristas. A proibição vale das 07 às 09h e das 17 às 19h. A CBN foi às ruas e flagrou diversos motoristas infringindo a lei.

Muitos que circulam ou vivem às margens da rodovia acabam testemunhando todo tipo de irregularidade. Paulo Domingue é morador na região, e tem em uma casa que fica bem próxima do viaduto da Comendador Franco com a Linha Verde.

Enquanto ele conversava com a reportagem, caminhões longos e pesados circulavam tranquilamente, por volta das 8h30.   

Já Márcio Sampaio, é dono de um estabelecimento comercial que fica em uma das marginais da Linha Verde, e tem uma visão ampla da rodovia. Na opinião dele, a nova regra diminuiu a circulação de veículos pesados.

Segundo Márcio, muitos ainda têm consciência sobre as regras da boa convivência no trânsito. Ele diz que alguns caminhoneiros estacionam em postos de combustíveis quando a proibição de circulação na Linha Verde entra em vigor todos os dias.

Wagnelson de Oliveira é diretor do Departamento de Fiscalização da Superintendência de Trânsito, da Prefeitura de Curitiba. Ele diz que a regra não é flexível, e que nos horários determinados a circulação de caminhões acima de 10 toneladas é terminantemente proibida. 

A Linha Verde se estende por mais de 20 quilômetros e a população pode auxiliar na fiscalização.

De janeiro a abril deste ano, 775 caminhoneiros foram multados por descumprir a regra. Ao longo do ano passado, foram emitidas 4184 autuações por carga fora dos limites estabelecidos na rodovia.

Repórter Fábio Buchmann