Direito Digital se intensificou na pandemia, diz especialista

Direito Digital se intensificou na pandemia, diz especialista
Foto: Freepik

Com a Covid-19, a tecnologia tomou conta de diversos lares. No home office, os equipamentos eletrônicos se tornaram essenciais para desenvolver a rotina de trabalho e estudos. Os meios eletrônicos aceleraram a comunicação e encurtaram distâncias, além disso fizeram se tornar ainda mais necessário o Direito Digital.

No âmbito jurídico, plataformas online são utilizadas para despachos por advogados, ministros e juízes. O coordenador do curso de Direito Digital e Governo Eletrônico do Instituto de Direito Bacellar, Emerson Gabardo, conta que já havia uma expectativa pelo movimento de transformação.

O mundo mudou e as profissões estão se adaptando. Estudos apontam que 58% do que está sendo implantado durante a pandemia vão continuar existindo no pós-isolamento social.

A legislação também tem se adaptado, um exemplo é a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais que entrou em vigor em setembro de 2020, fazendo com que o conhecimento em tecnologia e a discussão sobre o assunto seja fundamental, inclusive, para os profissionais do direito.

Quem tiver dúvidas sobre Direito Digital pode acompanhar uma palestra sobre o tema no próximo dia 27 com a advogada Karla Capela Morais, que é considerada pela IBM uma das 35 líderes globais pioneiras em inteligência artificial para a área jurídica. O evento é gratuito e online. Mais informações no site www.institutobacellar.com.br.