(Foto: Reprodução / Facebook Prefeitura de Guaraqueçaba

Pelo menos 450 famílias foram prejudicadas e perderam praticamente tudo com as fortes chuvas que atingem o município de Guaraqueçaba, no Litoral do Paraná, desde a última sexta-feira (4). O número ainda pode aumentar, pois, nem todas as regiões e estragos foram contabilizados pela prefeitura da cidade. Ao todo, 65 famílias ficaram desabrigadas, mas voltaram para as residências, após o nível de água baixar.

Somente no sábado (5), choveu 261 milímetros, segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), quase o volume esperado para todo o mês de janeiro.

O prefeito da cidade, Ariad Junior, conversou com a rádio CBN Curitiba e fez um balanço sobre os estragos causados. Além das casas alagadas, os produtores rurais foram os mais prejudicados.

O prefeito afirmou que houve prejuízos em três pontes de Guaraqueçaba, o que deixou parte da cidade isolada. Ele ressalta que o acesso por via terrestre ao município foi normalizado. Na região de Tagaçaba de Cima, a cabeceira da ponte sobre o Rio Capivari danificada, o que impede a chegada de veículos em um dos acessos.

Ariad Junior ainda fez um apelo para o envio de doações aos moradores da cidade atingidos pela enchente.

Equipes do 8° Grupamento de Bombeiros da Coordenadoria Regional de Proteção e Defesa Civil, juntamente com a Coordenadoria Municipal de Guaraqueçaba, seguem avaliando os estragos.

Em Curitiba, a Primeira Igreja Batista (PIB), que fica na Rua Bento Viana, número 1200, no bairro Batel, está recebendo as doações.

Em Paranaguá, as doações podem ser levadas para o Ginásio Municipal Dr. Joaquim Tramujas, no Centro Histórico.

As doações também podem ser feitas em Antonina, no Teatro Municipal, na Rua Carlos Gomes da Costa, 266, e em Morretes, no CRAS Municipal, na Praça Rocha Pombo, 10.

Repórter William Bittar)