Foto: Reprodução/Street View

Uma mulher morreu depois de ser atropelada na Linha Verde, no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Foi na noite desta segunda-feira (30). Ela foi atingida por uma caminhonete e não resistiu aos ferimentos.

O motorista relatou à equipe do Batalhão de Polícia de Trânsito, que atendeu a ocorrência, que seguia sentido Fazenda Rio Grande. O condutor contou que viu a mulher no canteiro central e, de acordo com ele, ela teria tropeçado ou se desiquilibrado, caindo na via.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

No início da noite, um homem de aproximadamente 65 anos foi atropelado e morto no quilômetro 13 da BR-116, no bairro Guaraituba, em Colombo, na região metropolitana. Uma das pistas no sentido Curitiba ficou bloqueada para remoção da vítima.

O motorista do veículo que atropelou o idoso disse aos policiais que estava a 60km/h. O carro nem chegou a amassar com a batida.

A vítima se arriscou a atravessar o trecho, já que há uma passarela a cerca de 200 metros do local do acidente e uma grade faz a divisão das pistas da rodovia.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Mais cedo, por volta das 11h15 da manhã, duas jovens foram atropeladas por um ônibus biarticulado. O acidente foi na esquina das Avenidas Republica Argentina com Presidente Kennedy, o bairro portão, em frente ao Shopping Palladium. As câmeras de segurança da Urbs registraram tudo. O motorista do ônibus tentou desviar mas não foi possível evitar o atropelamento. Segundo testemunhas, as vítimas estavam desatentas e não perceberam que o sinal para pedestres estava fechado. Uma adolescente de 14 anos chegou a ser arrastada por alguns metros. Ela ficou presa sob o ônibus e precisou esperar a chegada do Corpo de Bombeiros para ser resgatada. Ela teve uma das pernas esmagada e perdeu bastante sangue. A outra vítima, uma mulher de pouco mais de 20 anos, teve ferimentos moderados. As duas foram encaminhadas para o Hospital do Trabalhador.

De acordo com a Urbs, de janeiro a 30 de setembro foram 379 atropelamentos um Curitiba, com 363 feridos e sete mortes.

Em todo o ano passado houve 433 atropelamentos na cidade, nos quais 416 pessoas ficaram feridas e 9 morreram. A desatenção dos pedestres e o excesso de velocidade dos motoristas são as principais causas.

Ouça a reportagem completa:

Repórter Lucian Pichetti

Deixe uma mensagem