Foto: TRE

As eleições deste domingo, 07 de outubro, começam às 8h da manhã, com a liberação de acesso aos locais de votação. No momento de ida à urna o eleitor deve ter em mãos um documento oficial com foto que, no caso de Curitiba e dos demais municípios que já passaram pelo recadastramento biométrico, pode ser substituído pelo E-título, aplicativo de celular equivalente ao título de eleitor físico.

Além do material de identificação, o votante pode levar consigo uma cola com os números de seus candidatos, uma vez que são seis as entradas a serem feitas na urna eletrônica. A ordem de votação para 2018 é: deputado federal, deputado estadual, na sequência os dois escolhidos para o Senado, governador e presidente.

Dentro da cabine de votação, é proibido o uso de celulares, câmeras fotográficas, filmadoras e demais equipamentos eletrônicos. Para evitar a quebra do sigilo do voto, os aparelhos devem ser deixados com os mesários. Por outro lado, é permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido, coligação ou candidato, que pode ser revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos ou adesivos. Por isso, o coordenador das Promotorias Eleitorais de Justiça do Ministério Público, procurador Armando Sobreiro Neto, destaca que o cidadão deve evitar as camisetas.

O procurador diz ainda que todas as manifestações coletivas são consideradas crime eleitoral, sejam elas favoráveis ou contrárias a candidatos, partidos ou coligações.

É permitido rodar com carros adesivados, contanto – também – que a manifestação permaneça silenciosa e o veículo só pode permanecer estacionado diante do local de votação enquanto o direito é exercido.

O procurador reforça ainda que irregularidades devem ser denunciadas.

Em caso de dúvidas de última hora, os eleitores têm à disposição o Serviço de Atendimento Telefônico – Eleições 2018, disponibilizado pelo TRE.

O número é o (41) 3330.8880, por meio do qual é possível, por exemplo, descobrir local de votação, número do título de eleitor, necessário para fazer a justificativa de voto, entre outras informações. O serviço conta com 25 linhas telefônicas, atendidas por servidores da Justiça Eleitoral.

Durante esta semana, até a sexta-feira, o serviço fica disponível de meio-dia até as 19h. No sábado, véspera da eleição, o atendimento será feito das 8h às 17h e no domingo de votação, das 7h às 17h.

Segundo o TRE, a expectativa é de muita procura pelo serviço, em especial para confirmar locais de votação por causa do rezoneamento realizado em 2017, com a extinção de dez zonas eleitorais e o remanejamento em 28 cidades.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe uma mensagem