Foto: Divulgação/Polícia Civil

No primeiro trimestre deste ano, a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente apreendeu, em Curitiba e municípios da Região Metropolitana, 250 animais silvestres que estavam em situação de risco. Cerca de 30 pessoas que mantinham esses animais em condições inadequadas foram presas em flagrante. O delegado Matheus Laiola fala como estes bichos normalmente são encontrados pelas equipes de resgate.

As apreensões são fruto de uma parceria com a Rede de Proteção Animal, que acolhe os bichos, para que eles sejam tratados, cuidados e encaminhados a locais adequados. Além de perder a guarda dos animais, os infratores recebem multas variadas. 

Entre os animais apreendidos entre os meses de janeiro e março estão aves em extinção e aranhas, além de cães e gatos. Nesta semana, duas apreensões, na capital paranaense, chamaram a atenção das equipes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente.

Quem souber de casos de animais que estejam em posse ilegal ou em situação de maus tratos, pode denunciar à Rede de Proteção Animal de Curitiba, pelo telefone 156.

Repórter Marcelo Ricetti