Em Curitiba, reajuste do IPTU será de até 11,3% em 2021

Em Curitiba, reajuste do IPTU será de até 11,3% em 2021
Foto: Prefeitura de Curitiba

Neste ano em Curitiba, o Imposto Predial e territorial Urbano (IPTU) terá reajuste de 4,31% de acordo com a inflação, seguindo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA.

Mas, independentemente do índice de inflação aplicado, uma coisa é certa, os proprietários de imóveis com edificação terão que somar mais 4% no valor, somando um reajuste de 8,31%. Os sem edificação, mais 7% de aumento, com total de 11,31%.

Para quem pagou R$ 180 de IPTU em 2020, por exemplo, o pagamento em 2021 será de R$ 194,95 no caso de imóveis prediais e de R$ 200,35 nos terrenos.

Isso acontece por determinação de uma lei municipal aprovada pelos vereadores da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) em 2014, com a revisão da Planta Genérica de Valores Imobiliários – PGV. Em 2017 foi editada uma nova lei, aprovada também pela CMC e que estabelecia os mesmos reajustes.

De acordo com Francisco de Assis Inocêncio, superintendente fiscal da Secretaria de Finanças da Prefeitura de Curitiba, este é o último ano da cobrança adicional.

Os boletos para o pagamento à vista e da primeira parcela do Imposto Predial e territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Coleta de Lixo (TCL) de 2021 serão enviados até o fim de janeiro pelos Correios – cerca de 89 mil imóveis estão isentos.

Os contribuintes poderão ter desconto de 4% no pagamento à vista, que terá vencimento em 10 de fevereiro. Segundo o superintendente fiscal da Secretaria de Finanças da Prefeitura de Curitiba o IPTU também poderá ser parcelado em dez vezes, e ainda ser quitado no cartão de débito ou crédito.

Francisco alerta que o contribuinte precisa ficar atento a uma mudança no envio do IPTU. Diferentemente de anos anteriores, os contribuintes não receberão os carnês com todas as parcelas.

Quem não receber o boleto para pagamento à vista ou da primeira parcela pelos Correios ou quiser se antecipar, pode emitir a segunda via do carnê pelo site da Prefeitura (https://damiptu.curitiba.pr.gov.br/default.aspx), via aplicativo Curitiba App  ou nos núcleos da Secretaria de Planejamento, Finanças e Orçamento nas Ruas da Cidadania. Também é possível conferir se o endereço está atualizado.

Repórter Grasiani Jacomini