Foto: Reprodução Instagram @quintuplosdoparana
Terrazza Panorâmico

Um casal, morador de Chopinzinho na região Sudoeste do Paraná, há alguns meses resolveu, como muitas famílias dar um irmãozinho ao primogênito do casal, que já conta com seis anos de idade.

Surpresa foi o casal Anieli Kurtel de 24 anos e Luis Fernando Araújo de 33 anos, descobrirem que, em vez de um irmãozinho, estavam dando ao filho mais velho cinco irmãozinhos.

O casal precisou se mudar de Chopinzinho na 22ª semana de gestação para Curitiba, por se tratar de uma gravidez de risco. O pré natal foi acompanhado no Hospital do Rocio em Campo Largo na Região Metropolitana de Curitiba, mesmo local onde na noite de segunda-feira (2) vieram ao mundo três meninos: Jhordan, Tiago e Luis Henrique e duas meninas: Laura e Antonella. Os pequenos, são os primeiros quíntuplos do Paraná. Além disso a concepção ocorreu sem nenhum tratamento, de forma natural, o que é raro na medicina.

O parto foi natural e os bebês nasceram com saúde. Os recém-nascidos devem permanecer na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pré-natal por pelo menos dois meses. Neste período, o casal que é de origem humilde precisará comprar fraldas e produtos de higiene, que não fornecidas pelo SUS.

Anieli, até a descoberta da gravidez, trabalhava como auxiliar de mercado e, Luís Fernando, é vendedor. Ela foi dispensada do trabalho e hoje vive com o auxílio do INSS, de pouco mais de mil reais, e Luís conseguiu uma licença temporária não remunerada da empresa que trabalha, e por enquanto está sem renda.

Para o auxílio no custo e nos itens necessários aos cuidados dos bebezinhos, o casal possui uma vaquinha virtual na plataforma vakinha.com.br, no ambiente de busca é só procurar por “ajuda aos quíntuplos do Paraná”, e colaborar com a família.

Repórter Vanessa Fernandes