Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Equipe Paraná Portal.

O apelido Furacão foi incorporado ao Athletico em 1949. Naquele ano, o rubro-negro foi campeão estadual com uma espetacular média de gols, superior a quatro por rodada (49 em 12 partidas). Em um espaço de onze dias, entre 10 e 20 deste mês, um pouco daquela equipe foi incorporada na estatística, com quatro vitórias e 19 gols gols marcados, índice de 4,7 por jogo.

Foram três vitórias pelo Campeonato Paranaense, contra Toledo (8 x 2), Maringá (4 x 0) e Operário Ferroviário (3 x 0), e uma pela Copa Libertadores da América, diante do Jorge Wilstermann (4 x 0), da Bolívia. Nesta série, houve uma rara sintonia entre os dois elencos atleticanos: o de aspirantes, que disputa o estadual, e o que disputa a Libertadores.

Quarta-feira (13), ao derrotar o Operário, na Arena da Baixada, o Athletico comemorou também o fato de ter dois jogadores na briga pela artilharia do Campeonato Paranaense: o atacante Bergson, com cinco gols, e o meia Marquinho, quatro. Marquinho fez dois diante da equipe de Ponta Grossa.

(Ayrton Baptista Junior)