Emissão da 1ª via de RG segue com restrições no Paraná

Emissão da 1ª via de RG segue com restrições no Paraná
Foto: AEN

A emissão da primeira via do RG (Registro Geral) segue com restrições no Paraná em razão da Covid-19. De acordo com o Instituto de Identificação, desde o início da pandemia até essa quinta-feira (17), mais de 200 mil carteiras de identidade novas foram emitidas no estado.

Desde abril, a Polícia Civil do Paraná suspendeu os agendamentos da Carteira de Identidade em função das medidas de prevenção adotadas contra o novo coronavírus. Os cidadãos que têm urgência para confecção do documento devem comparecer a um posto do Instituto de Identificação e comprovar a necessidade.

O diretor do Instituto, Marcus Vinicius Michelotto, garante que nenhum paranaense foi prejudicado com a medida.

Michelotto justifica que a suspensão do agendamento foi necessária para evitar atendimentos não emergenciais.

O diretor do Instituto de Identificação cita exemplos que estão sendo atendidos neste momento.

Para quem deseja emitir a segunda via do RG, pode entrar no sistema online “2ª Via Fácil”, que permite atualização remota da carteira de identidade. O serviço funciona há dois meses e já contabilizou mais de 4 mil documentos emitidos até essa quinta-feira (17).

A ferramenta, inédita no país, permite que o cidadão envie uma foto da câmera do seu próprio celular ou computador para atualização o RG. Michelotto explica que um sistema de reconhecimento facial atua para evitar fraudes.

A solicitação pode ser feita no site da Polícia Civil do Paraná. A 2ª via fácil tem custo de R$ 36,72. Nos casos de perda e extravio, o cidadão deverá solicitar apenas a reimpressão do documento.

Repórter Francielly Azevedo