Terrazza Panorâmico

A Economia Paranaense Frente aos Desafios Globais. Este foi o tema do 3.º café da manhã com jornalistas, promovido pela Câmara Brasil-Alemanha, nesta terça-feira, em Curitiba. Durante o evento, os empresários e diretores da entidade deixaram claro que é preciso inovar, para não perder competitividade. E um destes avanços é o investimento na indústria 4.0, que facilita os negócios e se adapta a empreendimentos de vários ramos e tamanhos, como explica Daniel da Rosa, que é CEO da Thyssenkrupp, que é líder mundial no segmento de elevadores.

OFF 2:  Entre os gargalos que dificultam mais investimentos no País e um crescimento sustentável da economia brasileira, segundo os empresários, estão a acirrada guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, que elevam a cotação do dólar; a inércia do Mercosul, como um ambiente facilitador de negócios; o conturbado cenário político nacional, com o entrave das reformas necessárias; e ainda, a burocracia, o elevado Custo Brasil e a falta de mão de obra qualificada. Neste sentido, segundo Emílio Abelenda, Diretor da Kleiberit do Brasil, empresa que comercializa adesivos e vernizes, há um gargalo na formação profissional brasileira, em relação aos outros níveis de ensino.  

OFF 3:  Outro fator que incomoda, e muito, empresários e investidores estrangeiros, é a falta de segurança jurídica, em relação aos governos federal e estadual. Para garantir a execução dos contratos firmados, haveria a necessidade de se ter uma Política de Estado, que não se alterasse com as mudanças de governos, como explica o Vice-diretor da Câmara Brasil-Alemanha, Wilson Ballão.


Repórter Marcelo Ricetti