Foto: AEN
Terrazza Panorâmico

Nesta terça-feira (28) a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep)  coloca na pauta de votações dois projetos que têm promovido debates entre os parlamentares, primeiro o projeto do executivo que trata da aposentadoria de ex-governadores e está em redação final e o segundo é o “Escola sem Partido”.

O projeto de lei que extingue a aposentadoria de ex-governadores e viúvas de ex-governadores terá sua última votação, a redação final, para então promulgado. Na primeira votação o projeto recebeu emendas que não foram recepcionadas, inclusive a que pretendia acabar com o benefício para aqueles ex-governadores e viúvas que já o recebem.

Já o projeto “Escola sem Partido”, de autoria do deputado Ricardo Arruda, vem para primeira votação em plenário após dois anos de discussões e audiências públicas, e nesta terça-feira poderá receber emendas, esta é a expectativa do presidente da casa deputado Ademar Traiano.

Já se manifestaram contrariamente ao projeto a APP – Sindicato, a Ordem dos Advogados do Brasil e o Ministério Público do Paraná.

De acordo com o líder do PT na Assembleia Legislativa, deputado Professor Lemos, as escolas não tem partido e o objetivo do projeto e patrulhar professores e alunos.

O projeto “Escola sem Partido” foi apresentado em 2016 e tem o apoio da bancada evangélica e de setores conservadores. Nesta terça-feira será a primeira vez que o projeto irá a votação na Assembleia Legislativa do Paraná.

Repórter Vanessa Fernandes