Foto: Associação Empregados da Sanepar/AEN
Terrazza Panorâmico

Cornélio Procópio, na região do norte pioneiro, recebeu este nome por conta de um coronel do interior paulista de mesmo nome. Ele adquiriu as primeiras terras que formariam a cidade em 1920. Em 1929 é que começou a colonização efetiva da região, com migrantes de São Paulo e Minas Gerais. A principal motivação deles era a Estrada de Ferro São Paulo–Paraná.

Em 1931, foi criado o distrito judiciário de Cornélio Procópio, ainda como parte do município de Bandeirantes. Sete anos depois, essa situação se inverteu, e Bandeirantes ficou subordinada à Cornélio Procópio, que se tornou município. Hoje, a cidade conta com pouco mais de 48 mil habitantes.

Ouça mais um episódio do Especial “Cidades do Paraná”:

Deixe uma mensagem