Foto: Divulgação SEJU
Terrazza Panorâmico

As estruturas do Procon e da Defensoria Pública dentro da Assembleia Legislativa ainda não têm data para iniciar o atendimento ao público. Mas o projeto já está em andamento.

A iniciativa foi anunciada pelo presidente da Casa de Leis, Ademar Traiano, na última sexta-feira (1º) após a posse dos deputados.  

Para o defensor público-geral Eduardo Abraão o projeto deve trazer mais agilidade ao serviço prestado à população.

A Assembleia Legislativa deve emprestar além da estrutura física, profissionais jurídicos e administrativos para Defensoria. Abraão conta que a proposta não é inédita e já funciona em outros estados.

A princípio um defensor público já existente no quadro da instituição deve ser deslocado até a nova sede, mas a expectativa é pelo chamamento de outros defensores já aprovados em concurso.

O Paraná tem 105 defensores públicos em atuação.

Repórter Francielly Azevedo