A estudante de um colégio estadual de Curitiba usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná na tarde desta quarta-feira para dizer que “as mãos dos deputados estão sujas de sangue” pela morte de um estudante em uma escola ocupada de Curitiba.

A adolescente de 16 anos questionou a ausência de deputados estaduais no velório do garoto. Na tarde de ontem, parlamentares se revezaram na tribuna da Assembleia para culpar o movimento estudantil, partidos e sindicatos pela morte do aluno.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), não gostou das declarações da estudante e chegou a ameaçar suspender a sessão.

Ouça:

Repórter Andressa Tavares

Deixe uma mensagem