estrada-que-liga-antonina-a-guaraquecaba
Foto: Reprodução Facebook/Pavimentação da PR-405
Terrazza Panorâmico

A PR-405, rodovia que liga Antonina a Guaraqueçaba, no Litoral do Paraná, pode, finalmente, receber pavimentação. O governador Ratinho Júnior anunciou nesta segunda-feira (26) um Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA), ao custo de R$ 1,5 milhão, para indicar o modelo ideal para a rodovia.

Atualmente, são quase 100 quilômetros de estrada de chão que, muitas vezes, são intransitáveis por conta das chuvas. Em algumas épocas do ano, moradores ficam isolados, dependendo de barcos para chegar até Paranaguá.

O governador anunciou que essa medida vai melhorar a qualidade de vida dos moradores e possibilitar acesso a uma cidade histórica do estado.

O anúncio foi feito durante a apresentação de um banco de projetos executivos que promete a reestruturação de rodovias, ferrovias e da segurança pública do Estado.

Serão destinados R$ 350 milhões para o plano de médio prazo para resolver, segundo o governador Ratinho Júnior, os gargalos históricos dessas áreas.

Do total, serão R$ 290 milhões para melhorar ou implementar pavimentação, trevos, contornos e pontes em ligações rodoviárias; R$ 40 milhões para estruturar a malha ferroviária e concretizar a ligação Foz do Iguaçu-Paranaguá e Dourados (MS)-Paranaguá; e R$ 20 milhões para segurança pública, o que inclui a Cidade da Polícia, penitenciárias, institutos de criminalística e batalhões.

Durante o anúncio, Ratinho Júnior afirmou que o projeto vai seguir por muitos anos e vai auxiliar os próximos governadores.

O banco de projetos prevê investimentos de R$ 105 milhões nos primeiros doze meses (2019 e 2020) e outros dois aportes de R$ 155 milhões, em 2021, e R$ 90 milhões, em 2022.

Na área de Segurança Pública, Ratinho Júnior afirmou que a prioridade é retirar os presos das delegacias.

De acordo com o governador, a maior parte dos recursos será disponibilizada pelo Tesouro Estadual, mas também serão usadas linhas de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Repórter William Bittar