Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um ex-funcionário de uma faculdade de Curitiba, na tarde desta terça-feira (26), suspeito por crimes de extorsão e invasão de dispositivo informático. O flagrante aconteceu no bairro Campina do Siqueira, em Curitiba.

A investigação do suspeito iniciou a partir da denúncia dos proprietários da instituição de ensino, que estariam sendo extorquidos, numa tentativa de evitar que dados do estabelecimento vazassem, como conta o delegado Emmanuel David da Delegacia de Estelionato.

O delegado Emanuel David explica ainda que de acordo com a investigação, ele estaria exigindo quase R$ 1 milhão dos diretores da instituição para não expor dados particulares e financeiros de funcionários e alunos que ele teria tido acesso. 

As investigações concluíram ainda, que alguns dados já estavam hospedados em servidores fora do Brasil. O valor da venda desse tipo de informação no mercado negro chega a U$200 mil.

O suspeito foi preso e está á disposição da Justiça.

Repórter Vanessa Fernandes