Categorias: CBN DESTAQUE Paraná

Ex-marido de gerente de banco é indiciado por feminicídio

A Polícia Civil concluiu nesta sexta-feira (08) o inquérito da morte da gerente bancária, Tatiana Lorenzetti, de 40 anos. O ex-marido da vítima, acusado de ter planejado o crime, foi indiciado por feminicídio.

Segundo as investigações, o objetivo do suspeito era ficar com a guarda da filha do casal e controlar o seguro de vida que a criança receberia com a morte da mãe.

De acordo com a delegada Vanessa Alice, outras três pessoas que foram contratadas para executar a vítima, também foram indiciadas pelo mesmo crime de feminicídio.

O crime aconteceu no dia 28 de dezembro, no bairro Capão Raso, em Curitiba, quando Tatiana foi assassinada ao sair do trabalho no horário do almoço.

A intenção dos autores do assassinato, segundo a delegada, seria simular um latrocínio, roubo seguido de morte, por isso, teriam levado a bolsa da vítima. Os homens contratados receberiam R$ 25 mil pelo crime.

A delegada ressalta que ainda existem pendências no processo, como a quebra de sigilo telefônico e bancário dos envolvidos.

Repórter Grasiani Jacomini

Essa postagem foi modificada em 8 de janeiro de 2021 15:20

Compartilhar
Tags: Polícia Civil feminicídio violência contra a mulher

Esse Aceite utiliza Cookies