Foto: Reprodução/Prefeitura de Araucária

O ex-prefeito de Araucária Olizandro José Ferreira, a mulher dele e a filha do casal foram feitos reféns durante um sequestro.

Cinco homens armados e com coletes balísticos invadiram a chácara da família, que fica na área rural da cidade, na noite desta quarta-feira (25).

O grupo rendeu os três, que foram colocados no Ford Fiesta da filha do político. A Polícia Militar (PM) foi acionada. Ao chegar no local, foi recebida a tiros pelo bando. Eles fugiram com o veículo onde estava a família e com uma Fiat Fiorino, que atropelou um policial. Ele foi socorrido, passou por uma cirurgia na perna e passa bem.

A caminhonete foi abandonada logo em seguida. O suspeito que dirigia o carro escapou. A PM perseguiu o Fiesta pela Rodovia do Xisto e, já na região central da cidade, o automóvel teve um pneu furado. Os sequestradores abandonaram o carro e correram para uma área de mata. Segundo a PM, houve intenso tiroteio no local e um dos suspeitos morreu. Outro sequestrador foi baleado no pé e um terceiro preso pelos policiais.

Os outros dois integrantes da quadrilha não foram localizados até o momento.

O ex-prefeito, a esposa e a filha mão se feriram. Segundo a PM, um dos criminosos tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo. Foram apreendidos um simulacro de fuzil, uma espingarda calibre 28 e uma pistola 380.

A Delegacia de Polícia Civil de Araucária investiga o caso.

Operação Sinecuras

O ex-prefeito de Araucária Olizandro José Ferreira foi preso em abril deste ano, pelo Grupo de Atuação de Combate do Crime Organizado (Gaeco), em Curitiba. Olizandro foi alvo da Operação “Sinecuras”. que investigou um esquema de pagamentos de propina na cidade.

Repórter Lucian Pichetti