Foto: IBAMA

Uma operação conjunta de fiscalização realizada pelo Ministério Público do Paraná, Batalhão da Polícia Ambiental do Paraná e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) verificou o desmatamento irregular de 1.358,98 hectares de Mata Atlântica, mais especificamente de Floresta conhecida como Mata das Araucárias.

A área corresponde a quase 1.400 campos de futebol. A fiscalização foi feita entre os dias 26 de março e 1º de abril, em 241 propriedades rurais vistoriadas em 15 cidades na Região Centro-Sul do estado.
Foram registradas 210 ocorrências relacionadas a algum tipo de irregularidade, sendo deste total 94 ligadas diretamente a desmatamento.

Perto de 150 pessoas participaram da operação. Seis pessoas foram presas e uma arma de fogo foi apreendida. As propriedades rurais fiscalizadas estão situadas nos municípios de Bituruna, Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Cruz Machado, General Carneiro, Mallet, Palmas, Paula Freitas, Paulo Frontin, Pinhão, Rebouças, Rio Azul, União da Vitória, Mangueirinha e Antônio Olinto.

Os locais com desmatamento foram identificados por imagens de satélite fornecidas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela Organização Não Governamental SOS Mata Atlântica. Nos últimos anos, a região Centro-Sul paranaense foi a que apresentou o maior índice de desmatamento do bioma Mata Atlântica, mais especificamente de Floresta Ombrófila Mista, conhecida como Mata das Araucárias.

Repórter Karina Bernardi

Deixe uma mensagem