Foto: CMC
Terrazza Panorâmico

Foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal de Curitiba a criação da Frente Parlamentar Feminina.

A Frente Parlamentar Feminina foi proposta pela vereadora Noemia Rocha (MDB) e aprovada pela Comissão Executiva da Câmara. A Frente Feminina terá funcionamento semelhante ao Parlamento Jovem, em que ocorre a simulação de ações dos parlamentares para conhecimento e difusão das ações políticas.


De acordo com a vereadora Noemia Rocha, a Frente Parlamentar Feminina irá reunir mulheres de diferentes idades, profissões e regiões da cidade semestralmente. As participantes seriam selecionadas a partir de projetos fictícios sobre a pauta feminina. Ao longo de uma semana, as atividades na Câmara simulariam o dia a dia do Legislativo, como as comissões e o plenário. Noemia Rocha destaca ainda que a iniciativa tem o apoio e parceria do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TER-PR). 

A vereadora ressalta ainda que a ideia é fomentar participação feminina no cenário político, e mudar a realidade atual em que a mulher apesar de ser 52% da população brasileira, não aparece ainda com destaque no cenário político. Noemia Rocha afirma ainda o desejo de aumentar a bancada feminina já nas próximas eleições.

Atualmente a Câmara Municipal de Curitiba tem a participação de oito vereadoras eleitas entre as 38 cadeiras. Na Assembleia Legislativa do Paraná, entre os 54 parlamentares apenas quatro são mulheres. No cenário Nacional, a diferença é ainda maior. Dos 513 deputados federais, apenas 45 são mulheres.

Repórter Vanessa Fernandes