Foto: Divulgação SEJUF
Terrazza Panorâmico

O combate a crimes de exploração sexual comercial de crianças e adolescentes foi o foco da operação deflagrada na madrugada desta quarta-feira na região de Paranaguá, no Litoral do Estado. A ação fez parte de mais uma operação integrada da Força-Tarefa Infância Segura, coordenada pela Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho.

A força-tarefa que atua na prevenção de crimes contra a criança contou com a parceria das Polícias Federal, Rodoviária Federal, Polícias Militar e Civil, e pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente, o Nucria.

Segundo o coordenador da força-tarefa e chefe do Departamento de Justiça da Secretaria, Felipe Hayashi, essa foi a primeira operação na região litorânea baseada em denúncias e no mapeamento de possíveis pontos de exploração. Ele explica, ainda, que as operações integradas têm o objetivo de reprimir e especialmente prevenir ilícitos contra crianças e adolescentes.

Segundo o tenente Lucas Correa dos Santos, da 1º Companhia de Polícia Militar, do 9º Batalhão, de Paranaguá, essa foi a primeira operação integrada no município envolvendo órgãos estaduais e federais.

Durante a ação, foram abordadas cerca de 100 pessoas, todas identificadas pelos policiais. Também houve o mapeamento de seis locais que tinham mais indícios de exploração em função de denúncias e de outras operações.

Repórter Vanessa Fernandes