(Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Moradores de Guaraqueçaba, principalmente de comunidades da zona rural do município, foram atingidos por enchentes entre este sábado (5) e este domingo (6), após fortes chuvas caírem na região. As informações foram divulgadas tanto pelo Corpo de Bombeiros quanto pela prefeitura de Guaraqueçaba, no litoral do Estado.

Entre as comunidades mais afetadas estão Tagaçaba, Tagaçaba de Cima, Batuva, Rio Verde, Utinga, Morato, Serra Negra, Assungui e Potinga.

O Corpo de Bombeiros contabilizou 65 pessoas desabrigadas na região de Tagaçaba, depois de terem suas residências inundadas ainda neste sábado. Elas foram encaminhadas para pousadas na região e retornaram para as casas neste domingo, após as águas baixarem neste local.

(Foto: Corpo de Bombeiros)

Os moradores das áreas atingidas pelas enchentes perderam móveis e utensílios domésticos. De acordo com informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros neste domingo, embarcações dos moradores também foram danificadas.

Em Tagaçaba de Cima, a cabeceira da ponte sobre o Rio Capivari foi danificada durante a enchente. Além de trabalhar neste ponto, a prefeitura de Guaraqueçaba também atua neste domingo para sanar as dificuldades no abastecimento de água potável em alguns locais da cidade, em conjunto com outros órgãos.

Segundo o Simepar, neste sábado, a chuva acumulada na Reserva Natural do Salto Morato superou os 266 milímetros; em Guaraqueçaba, os 261 milímetros.

Doações

A Defesa Civil municipal atende os atingidos pela inundação e está solicitando doações de colchões, roupas, água e alimentos não perecíveis para os moradores.

A prefeitura de Paranaguá, também no litoral paranaense, anunciou que está se mobilizando para reunir doações para os moradores de Guaraqueçaba e pede o apoio da população. Podem ser doados colchões, roupas, material de higiene pessoal, água em copos ou galões e mantimentos não perecíveis. Tudo pode ser deixado no Ginásio Municipal Dr. Joaquim Tramujas, no Centro Histórico de Paranaguá, a partir desta segunda-feira (7).

Repórter Joyce Carvalho