Foto: Divulgação/SMCS

Foram entregues nesta quinta-feira (18), cinco novas ambulâncias para a renovação da frota do Serviço Móvel de Urgência (Samu) em Curitiba. Os veículos foram cedidos pelo Ministério da Saúde. Com estas novas ambulâncias, já foram entregues na capital, 30 novos veículos para o Samu desde 2017.

De acordo com o prefeito Rafael Greca, 100% da frota operacional do Samu foi renovada.

A secretária municipal da saúde Márcia Huçulak destacou que no início da gestão, a frota do Samu estava envelhecida e sem manutenção. A secretária disse ainda que com a renovação da frota, os atendentes do Samu terão melhores condições de trabalho e a população será melhor atendida.

Atualmente o Samu realiza 482 atendimentos por dia, 63% a mais do que no início de 2017 quando eram realizados 295 atendimentos por dia.

Para realização destes tantos atendimentos realizados pelo Samu, ambulâncias novas e bem equipadas auxiliam no trabalho, e fazem com que o socorro seja mais rápido, mas o material humano tem peso relevante nestas ações. A enfermeira Daniele Sukoski da equipe do Samu, é uma destas pessoas capazes de fazer a diferença em um atendimento. Ela relata apenas um entre tantos casos de socorro que marcaram sua carreira até agora.

O que aconteceu depois da chegada do Samu segundo Daniele Sukoski, é o que compensa no trabalho desenvolvido pelo Samu.

Cada ambulância entregue nesta quinta-feira tem valor de R$172.700. A frota operacional do Samu em Curitiba é composta por 27 ambulâncias, além de outras seis que fazem parte da frota reserva e um helicóptero.

Além das ambulâncias, os atendentes do Samu também receberam novos uniformes.

Repórter Vanessa Fernandes