Gustavo Fruet
Foto: Câmara dos Deputados
Terrazza Panorâmico

O governo federal ainda não tomou nenhuma medida para a renovação do Acordo de Transporte Fluvial pela Hidrovia Paraguai-Paraná, assinado pelo Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai em 1992. O Acordo de Santa Cruz de la Sierra tem validade até o ano que vem.

A informação foi confirmada pelo próprio ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araujo, em resposta a indicação encaminhada pelo deputado federal Gustavo Fruet (PDT/PR).

A interrupção do acordo poderia impactar a logística de transporte do país e do Paraná, já que boa parte da produção agrícola do estado é escoada por transporte fluvial pela Hidrovia-Paraguai-Paraná para os países vizinhos.

Entenda melhor a situação na entrevista com o deputado federal Gustavo Fruet.