FOTO: Agência Brasil
Terrazza Panorâmico

Com a autorização, 2020 vai ser o segundo ano consecutivo de descumprimento da chamada regra de ouro, que impede o endividamento para pagar despesas correntes como salários e Previdência.

Ouça a matéria completa em Rede CBN