Foto: CBN Curitiba
Terrazza Panorâmico

A sessão desta segunda na CMC marcou o fim do recesso de julho, mas foi exclusivamente reservada para a visita do prefeito Rafael Greca.

O prefeito participou de uma solenidade para a entrega oficial da revitalização da praça que fica ao lado do prédio da Câmara. Depois ele foi ao plenário onde fez um pronunciamento.

Greca falou por cerca de meia hora, e anunciou o rompimento de contrato com a empresa responsável por três lotes de obras na Linha Verde. Segundo o prefeito, o serviço anda muito lento e deveria estar em estágio bem mais avançado.

Greca disse ainda que desistiu de esperar recursos de Brasília, para a implantação do Ligeirão que vai da Praça do Japão até o Bairro Pinheirinho.  Segundo o prefeito, Brasília está paralisada por causa da reforma da previdência, e por isso a prefeitura de Curitiba decidiu bancar as obras.

Greca falou ainda sobre os projetos que a prefeitura tem interesse direto para que sejam aprovados. Um deles é criação de um fundo para ser utilizado em casos de calamidade pública. Greca falou também sobre a importância da atualização da legislação que estabelece regras para a ocupação do solo na capital paranaense, a chamada Lei do Zoneamento.

Repórter Fábio Buchmann