Foto: Chico Camargo/CMC

Três horas depois do temporal que travou Curitiba e causou uma série de transtornos, o prefeito Rafael Greca se pronunciou no Facebook. Segundo ele, os pontos de alagamento ficam próximos a rios.

De acordo com Greca, a água baixou rapidamente por causa de obras de macrodrenagem pela cidade.

O prefeito informou que o programa de Macrodrenagem beira investimentos em torno de 480 milhões de reais. Ele prevê combate às cheias nas bacias do rio Belém e do rio Barigui. Há ações também no rio da Vila Formosa, no rio Pinheirinho, no rio Juvevê, no rio Bacacheri, no Ribeirão dos Padilha e no Passaúna.

A ação envolve limpeza pública, dragagem, reperfilamento e desocupação de margens.

De acordo com Greca, no ano passado a prefeitura retirou 2 milhões e 40 mil quilos de lixo lançados na cidade fora da coleta normal.

Segundo ele o serviço é necessário para escoar as chuvas, causadas pelo aquecimento global.

Repórter Lucian Pichetti