Foto: Isabela Mahyer/SMCS
Terrazza Panorâmico

Curitiba registrou 31 graus de temperatura na tarde desta segunda-feira (9). Um dia de sol que para muitos é propício para lavar roupas. Foi o que um morador de rua aqui da capital fez. Ele aproveitou o dia quente para limpar as peças no chafariz da Praça Dezenove de Dezembro, no Centro de Curitiba. A Guarda Municipal recebeu uma denúncia e foi até o local para orientar o homem que a prática é proibida, como conta o inspetor Antonio Flausino.

Ao orientar o indivíduo, de 26 anos, sobre a proibição, a equipe observou que ele estava com mandado de prisão em aberto por roubo.

O inspetor conta que geralmente os foragidos tentam enganar a Guarda durante a abordagem. 

Com esta prisão, a guarda soma 150 detenções de foragidos da Justiça na região central, desde outubro do ano passado.

Lavar roupas ou tomar banho em chafarizes são práticas proibidas, mas não são consideradas crimes.

O homem preso nesta segunda-feira (9) tem outras passagens por roubo e furto e foi levado até a Delegacia de Vigilância e Capturas da Polícia Civil para as medidas cabíveis.

Repórter Francielly Azevedo