Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem, de 24 anos, foi preso por porte ilegal de arma de fogo, no bairro Batel, em Curitiba. Ele é suspeito de integrar uma quadrilha especializada em roubos de relógios de luxo avaliados entre R$ 30 e R$ 100 mil.

De acordo com o delegado-titular da Delegacia de Furtos e Roubos, Marcelo Magalhães, o homem foi abordado em uma motocicleta com um revólver calibre 32. Equipes policiais, que investigavam o roubo de relógios nos bairros Batel e Bigorrilho, perceberam a atitude suspeita do homem que passou diversas vezes pela mesma rua. Os policiais então abordaram o motociclista e encontraram a arma de fogo.

Na sequência, o suspeito levou os policiais até uma casa, no bairro Umbará, onde foi  encontrado um rolex, roubado há menos de uma semana. Na delegacia, o homem admitiu ter praticado diversos roubos de relógios.

O delegado conta que as peças são encomendadas por receptadores de fora do estado.

Magalhães explica que os bandidos têm alvos específicos.

A Polícia Civil investiga o caso para mensurar o valor e quantidade de relógios roubados. O homem vai responder por porte ilegal da arma de fogo, por roubo agravado e, se comprovado a participação de outros suspeitos nos crimes, por associação criminosa.

Repórter Francielly Azevedo