Homens são presos por furto de estrutura de ponto de ônibus

Homens são presos por furto de estrutura de ponto de ônibus
Foto: Prefeitura de Curitiba

Dois homens suspeitos de furto da estrutura metálica de um ponto de ônibus foram presos pela Guarda Municipal na madrugada desta segunda-feira (11). As prisões dos indivíduos, de 20 e de 30 anos, foram possíveis após o acionamento de um cidadão para a Central de Operações da Guarda, pelo telefone 153.

A equipe de guardas do núcleo regional do Boqueirão mais próxima do local foi deslocada até a Rua Oliveira Viana, no bairro Hauer e, com base nas características repassadas, encontrou os dois suspeitos.

De acordo com Mauro Couto, guarda municipal do núcleo regional do Boqueirão, próximo aos homens estavam uma placa e uma treliça de metal, retiradas do ponto de ônibus. Os dois foram levados até a Central de Flagrantes da Polícia Civil para responder sobre o crime. 

Já na madrugada do sábado (09), o trabalho conjunto entre a equipe do setor de inteligência da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito com a Guarda Municipal resultou na prisão em flagrante de dois indivíduos que tentaram retirar fios de cobre que integravam a estrutura de um dos sinaleiros no cruzamento da Rua Anne Frank com a Linha Verde, também no Hauer. 

Na mochila de um deles estava um alicate, três facas, um estilete, três chaves de fenda e um pedaço do cabo furtado.
Os dois suspeitos, de 21 e de 43 anos, foram conduzidos para a Central de Flagrantes.

Prejuízos
Por ano, o município tem um gasto aproximado de quase R$ 3 milhões com o vandalismo, de acordo com levantamento da Prefeitura de Curitiba. O dado leva em consideração as áreas em que essas ocorrências são mais frequentes.

Os prejuízos do setor de meio ambiente chegam a R$ 1,2 milhão. Na saúde os gastos chegam a R$ 700 mil, e na educação R$ 310 mil. Já a FAS tem um prejuízo anual de R$300 mil. O transporte coletivo e esporte e lazer, contabilizam cada R$ 120 mil de gastos.

A Prefeitura de Curitiba orienta que a Guarda Municipal deve ser acionada sempre que o cidadão presenciar uma tentativa de furto ou atividade suspeita próximo a escolas, creches, luminárias, semáforos ou outros. Basta ligar no telefone de emergência da Guarda, que é o 153, que funciona 24 horas por dia.

Repórter Grasiani Jacomini