Terrazza Panorâmico

Com a possibilidade da instalação de um porto privado em Pontal do Sul, os ambientalistas estão em alerta. É que no local onde se pretende instalar a área portuária, conhecida como Ponta do Poço, costuma ser ponto de parada de uma espécie característica do litoral paranaense, os papagaios de cara-roxa.

De acordo com Elenise Sipinski, pesquisadora da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), que estuda o papagaio de cara-roxa há mais de 20 anos, a ave está presente atualmente em toda a região do litoral paranaense e parte de São Paulo. A pesquisadora conta ainda que a população de papagaios da cara-roxa no litoral do Paraná atualmente é de aproximadamente sete mil aves que utilizam a Mata Atlântica da região como dormitório, local de reprodução e de alimentação.

A preocupação da pesquisadora é em especial com área onde será instalado o 3P – Porto Pontal Paraná, a região do Guaraguaçu. Segundo Elenise Sipinski cerca de três mil papagaios de cara-roxa saem dos seus locais de dormitório e passam o dia nesta planície. Para continuidade da existência da espécie Elenise afirma que é necessária a conservação deste local.

Em nota, a administração do Porto Pontal Paraná esclarece que cumpriu todas as exigências legais no processo de licenciamento ambiental do projeto. A nota destaca ainda que os programas ambientais do Porto Pontal Paraná que já foram analisados e aprovados pelo IBAMA, visam a proteção dos indivíduos da área onde o porto será instalado, incluído o papagaio de cara-roxa, além de outras espécies ameaçadas.

A nota ressalta ainda que o programa de resgate e afugentamento de fauna que será realizado antes e durante as atividades de supressão da vegetação, garantirá a minimização dos impactos para vegetação e para a fauna.

Por fim o Porto Pontal Paraná garante na nota que um programa de monitoramento da fauna será realizado durante a implantação do empreendimento, com monitoramento das espécies. O Porto Pontal Paraná afirma estar comprometido com a preservação do papagaio de cara-roxa através de seus programas ambientais, bem como de todas as espécies presentes na região.

Repórter Vanessa Fernandes