Foto: César Brustolin/SMCS
Terrazza Panorâmico

Já imaginou utilizar a criatividade de uma criança para melhorar a vida de pessoas com deficiência? Foi isso que aconteceu no Espaço Maker do Farol do Saber e Inovação Albert Einstein, no bairro Xaxim, em Curitiba.

A professora inovadora Alesandra de Lima Padilha de Souza lançou o desafio aos pequenos, que têm entre 9 e 11 anos. Entre os protótipos desenvolvidos por eles está uma bengala com sensor para deficientes visuais.

Os alunos se inspiraram no cientista que dá nome ao espaço e abusaram da impressora 3d. Foram 15 protótipos desenvolvidos, entre eles o de um fone de ouvido para autistas.

Entre os projetos surgiu também uma máquina que define a peruca ideal para cada rosto, voltada a mulheres em tratamento contra o câncer. A professora conta que se surpreendeu com a criatividade da molecada.