Foto: Reprodução/Street View
Terrazza Panorâmico

A pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR), a 3ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba determinou, em caráter liminar, a suspensão de funcionamento do Vila Fanny Futebol Clube. A decisão foi tomada em função de inúmeras reclamações de perturbação do sossego e poluição sonora em festas promovidas no local. Em caso de descumprimento, o clube está sujeito a multa diária de R$ 10 mil.

Na ação, o MP defende que a agremiação não possui alvará comercial para atividades de clube social e esportivo. Além disso, o clube não tem, segundo o Ministério Público, certificado de vistoria do Corpo de Bombeiros, o que o deixaria irregular.

Ainda segundo a ação, a autorização ambiental de funcionamento foi concedida em caráter precário. Isso porque o clube está em local onde não é permitida a realização de atividades de música ao vivo e mecânica, por conta do zoneamento municipal. Segundo a promotoria, o imóvel deve ser utilizado somente como praça esportiva e para a promoção de projetos sociais a comunidade.

Como se trata de uma liminar, a suspensão dos serviços pode ser revista caso a documentação seja apresentada.

A produção da CBN Curitiba tentou contato com o Vila Fanny Futebol Clube, mas ainda não obteve retorno.

Deixe uma mensagem