Klabin gera 10 mil empregos no Paraná

Klabin gera 10 mil empregos no Paraná
Foto: Prefeitura de Tamandaré

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil e uma das mais antigas fábricas do Paraná, chegou ao estado em 1934, quando a companhia adquiriu a Fazenda Monte Alegre, local que daria origem ao município de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais. Em 1946, a empresa inaugurou a primeira fábrica integrada de celulose e papel do país, que foi responsável pela produção pioneira de papel imprensa 100% nacional.

O local conta, atualmente, com 400 mil hectares, destes 164 mil permanecem com mata nativa preservada. Arthur Canhisares, diretor Industrial de Papel da Klabin, conta que a fábrica já foi instalada com a ideia de sustentabilidade.

A unidade da Klabin em Telêmaco Borba está entre as maiores produtoras de papéis de fibra virgem da América Latina, com a confecção de embalagens de alimentos e itens de higiene. A companhia possui outras duas unidades no Paraná: em Ortigueira, também nos Campos Gerais, com a produção de celulose, e em Rio Negro, no Sudeste, que fabrica caixas de papelão ondulado.

Com a reciclagem de papel, a Klabin produz também energia renovável.

A Klabin gera cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos no Paraná.

Repórter Francielly Azevedo